Home / Cultura  / Estudantes produzem instrumentos musicais com materiais reciclados no Tocantins

Estudantes produzem instrumentos musicais com materiais reciclados no Tocantins

Alunos do Distrito de Bielândia participam de oficina do Naturatins no Monumento Natural de Árvores Fossilizadas do Tocantins (Monaf) e produzem instrumentos musicais com o reaproveitamento de materiais

Cleide Veloso/Governo do Tocantins –  Foto: Márcia Dias

Na  sexta-feira (13), o Monumento Natural das Árvores Fossilizadas do Tocantins (Monaf) encerrou a semana de atividades dedicadas ao Dia Nacional do Cerrado. Ao longo da semana foram recebidos visitantes na Unidade de Conservação (UC) e realizada a oficina de produção de instrumentos musicais com materiais recicláveis, acompanhada de palestra sobre os conceitos de resíduos sólidos, de material reaproveitável e consumo consciente.

 

Além de incentivar práticas ambientais que colaboram com a preservação dos recursos naturais do bioma Cerrado, estas atividades tiveram o objetivo de apresentar alternativas para a redução do descarte de materiais. O projeto da oficina busca estimular a produção de instrumentos musicais e a reprodução sonora aos participantes. Nesta atividade estiveram presentes, alunos, professores, moradores de comunidades do Distrito de Bielândia, bem como visitantes da Unidade.

 

Os alunos da Escola Municipal, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e da Escola Estadual, Professor José Francisco dos Montes, ambas do Distrito de Bielândia, produziram piano de garrafas, berimbau de vidro, chocalho, carrum (cajón) de caixa de papelão, flauta PAN com cano de PVC e iniciaram a produção de um tambor de garrafa PET. No clima de criatividade, eles criaram ainda, apitos com canudos.

 

Durante cada etapa da produção dos instrumentos, os estudantes contaram com o acompanhamento das equipes do Monaf e da Gerência de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e o apoio da professora da disciplina de Artes da Escola.

 

O gerente do Monaf, Hermísio Alecrim, considerou a atividade de educação ambiental muito importante para sensibilização dos jovens estudantes, pois trouxe uma novidade que pode ser explorada entre outros grupos, com a combinação de muitos outros materiais e evitar o descarte na natureza.

 

Para a professora de Artes da Escola Professor José Francisco dos Montes, Márcia Dias, o conhecimento oferecido na oficina traz uma consciência ambiental importante para os alunos, que junto com as técnicas criativas de reaproveitamento de materiais serão multiplicadas para outras turmas da escola. Para a professora, a escola participa da formação de uma sociedade ambientalmente mais comprometida com a preservação dos recursos naturais da região.

 

O gerente de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico do Naturatins, Rodrigo Casado afirmou que esse trabalho faz parte de um projeto que busca combinar a iniciativa ambiental da redução de descarte de materiais reaproveitáveis na natureza à produção de instrumentos musicais e a reprodução sonora, com técnicas criativas. Segundo o gerente, os alunos demonstram muito entusiasmo a partir dos primeiros resultados.

Rodrigo Casado disse que esteve acompanhado do educador Ambiental do Naturatins, Fábio Alves, também em Babaçulândia, no decorrer da semana. Na ocasião o Naturatins ofereceu apoio ao desenvolvimento da Política Municipal de Educação Ambiental, com orientações sobre as alternativas para a redução da produção e o descarte adequado do lixo residencial, para melhoria da coleta e destinação. Participaram do treinamento, servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, oportunidade que tiraram dúvidas sobre os procedimentos e documentações necessários para que o município proceda com a implantação do Protocolo do Fogo.

cenariun.to@gmail.com

Review overview
NO COMMENTS

POST A COMMENT